COMPARTILHE
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

 

Nesse breve artigo, são destacados os desafios dos clientes ao fazer a Transformação Digital em suas empresas.

Antes, porém, você sabe realmente o que está por trás deste processo?

Então vamos lá!

De forma bem sucinta, pode-se dizer que Transformação Digital é uma prática que visa mudar a forma de atender o cliente, passando do meio físico para o digital, utilizando os recursos das NTICs (Novas Tecnologias de Informação e Comunicação). Tudo isso, porque cada vez mais percebe-se um comportamento de consumo diferenciado do cliente. E esse comportamento continuará mudando com a evolução tecnológica. É por isso que estar alinhado e preparado para o uso das NTICs é tão necessário. Compondo as tecnologias, é de suma importância que se faça o que conceituamos como Jornada do Cliente, ou seja, gerar uma experiência de consumo relevante para o cliente, na qual ele seja conhecido e atraído a adquirir os produtos e serviços de uma empresa. Para que isso ocorra ele precisa se sentir engajado e interessado em fazer tais aquisições. E para que ele continue fazendo as aquisições do mesmo ou de outros produtos e serviços, da mesma empresa é importante que ele tenha tido uma boa experiência de compra e por isso, fazer um processo de retenção torna-se imprescindível.

Mas o que as empresas relatam sobre a experiência de transformação digital?

Grande parte afirmam que estão se transformando digitalmente e por isso estão com grandes desafios para fazê-la acontecer.

Quando se questiona o que estão realizando na prática e como isso está sendo feito, percebe-se que de fato elas estão se preparando, engajando áreas afins, desenhando práticas relevantes, fazendo boas parcerias e mensurando os alcances periodicamente dos resultados que estão atingindo. No entanto, ainda com um foco muito maior nas tecnologias em si do que nas mudanças estruturais e culturais. Sendo que o desafio para a maioria é continuar se preparando para as mudanças que virão.

E é esse o ponto de reflexão aqui! O DESAFIO!

Todos sabem que a transformação digital é vital para as organizações e que para que ela ocorra não se trata apenas de utilizar tecnologias, mas, principalmente de fazer planejamentos claros, mudanças estruturais e culturais, engajando todas as áreas da empresa, utilizando o conhecimento dos colaboradores e parceiros, permitindo mudanças sustentadas pelas diretorias, propiciando autonomia e condições de prototipar soluções e indicadores que comprovem o alcance do que se tem planejado.

Percebe-se que talvez, esse seja o ponto mais desafiador! Porque nem todas as empresas que estão ou querem fazer a transformação digital estão envolvendo cada um desses itens de modo conjunto. Acabam responsabilizando uma área para isso como as áreas de Marketing, Inovação e TI. Como se elas sozinhas fossem as responsáveis por fazer a transformação digital acontecer. Elas também são, mas é importante que todas as áreas que refletem no atendimento do cliente estejam totalmente envolvidas.

É nesse sentido que ter o apoio de uma Parceira especializada em TI é relevante, pois ela é capaz de apoiar e ajudar a fazer a transformação digital de uma empresa. Pois ela já possui cases que comprovam como fazer isso de modo prático, eficaz e com resultado rápido. Como criar condições para que as outras áreas da empresa realmente participem e se sintam corresponsáveis por essa transformação.

Você deve estar se questionando sobre como uma empresa parceira de TI pode fazer isso estando de fora, não é mesmo?

Bom, a resposta é simples. Justamente porque está de fora, ela consegue identificar, analisar e gerar solução para as necessidades da empresa. Pois ela não está “bloqueada”, “imersa na cultura da empresa”, pontos que muitas vezes fazem com que os colaboradores não percebam ou não aceitem que se trata de uma necessidade de melhoria. Além disso, ela possui experiências com outras empresas, então ela já conhece pontos que são muito comuns no processo de transformação digital e é por isso que ela consegue fazer esse trabalho de modo tão peculiar, especializado e com garantia rápida de retorno. É claro que como qualquer serviço é importante conhecer a consultoria e o quanto ela realmente é capaz de te atender.

Por que a Empresa parceira tem que ser de TI?

O que está por trás dessa escolha são os desenvolvimentos customizados, as integrações, implantações e implementações das tecnologias, por ordem de prioridade e relevância que as empresas planejarem. Isso quer dizer que a consultoria precisa ter uma característica de solução de desenvolvimento completa, com metodologias ágeis, Devops, DevSecOps, Integração e Entrega contínua, com as novas tecnologias baseadas em IA, entre outros, e claro, com profissionais especializados em cada uma das frentes de atuações.

É claro que outros segmentos apoiam sim, mas nas suas especialidades. Cada um tem um papel fundamental.

Conclusão

A maioria das empresas buscam apoio dos colaboradores, executivos, parceiros, fornecedores, clientes, entre outros que de alguma forma possam apresentar conhecimento de causa, planejamento, análise e condições para fazer a transformação digital e outras tantas transformações necessárias que estiverem surgindo. Por isso, estar aberto para ouvir, entender o que de fato compromete e dar soluções realmente encantadoras, será diferencial para que continuemos evoluindo e propiciando aos clientes condições de experiências customizadas, relevantes, práticas e satisfatórias.

Estou a disposição para explorar ainda mais esse assunto ou para responder dúvidas e sugestões.

Espero que esse artigo tenha feito sentido para você!

 

Por *Carla Souza – Executiva Comercial de TI