Ir para o conteúdo

Red Team vs Blue Team: entenda a diferença

Como em um time de futebol, temos o ataque e a defesa, em cibersegurança a ideia é parecida.

Criados a partir de termos militares e com o objetivo de descrever times que utilizam de técnicas para imitar as práticas do inimigo, os termos Red e Blue Teams são adotados dentro da TI com esse mesmo princípio, o Red é responsável por atacar e o Blue por defender.

A seguir iremos entender melhor como funciona cada um dos times separadamente.

Red Team

Como dito anteriormente, o objetivo da “equipe vermelha” é o de atacar, ou seja, atuar como hackers do bem em busca de explorar, comprometer e burlar as vulnerabilidades do sistema.

O Red Team simula ataques cibernéticos que acontecem no mundo real das empresas. Ele segue etapa por etapa, utilizando das habilidades que cibercriminosos têm para identificar falhas e ameaças à segurança do sistema.

 Os ataques simulados pelo Red Team geralmente são:

  • ataques remotos pela internet;
  • tunelamento de DNS;
  • túnel ICMP;
  • tentativas de intrusão;
  • ameaça interna;
  • ataques baseados em VPN;
  • cópia de cartão de acesso e teste de resistência;
  • ataque HID;
  • falso WAP;
  • spoofing.

Os maiores benefícios que esse time oferece são a prevenção de futuros ataques, mitigação da vulnerabilidade do sistema e um melhor atendimento da exploração de dados, garantindo assim que as defesas estejam devidamente adequadas.

Blue Team

Se tratando da “equipe azul”, esta atua diretamente na defesa. Seu objetivo, além de identificar vulnerabilidades como o Red Team faz, é o de identificar ameaças e respostas de incidentes, definindo e mantendo estratégias de defesa para a segurança dos sistemas e aplicações.

Outra função importante do Red Team é a de fortalecer a infraestrutura de cibersegurança. Para isso ele faz uso de softwares de análise contínua que identificam e diferenciam atividades normais de suspeitas.

As medidas adotadas pelo Blue Team geralmente são:

  • identificar diversos tipos de ataques cibernéticos;
  • identificar invasões nos sistemas;
  • armazenar dados confidenciais;
  • gerenciar as chaves de segurança e acesso;
  • autenticação de dois fatores;
  • registros e configurações;
  • melhorar constantemente os padrões de segurança.

Os benefícios que o Blue Team tem a oferecer são o de um sistema de segurança sempre atualizado e fortalecido e maior segurança para a empresa e para o usuário, evitando assim diversos riscos.

Um time só

Apesar de destacarmos as diferenças entre esses dois times, é importante frisar que, para uma infraestrutura de segurança ser completa e eficaz, e que esteja pronta para qualquer tipo de ataque, ela só é viável com eles trabalhando em conjunto, pois um complementa o trabalho do outro.

Com o aumento recorrente de ciberataques e a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), é importante que as empresas coloquem a sua segurança e a de seus clientes em primeiro lugar. Logo, essa união, literalmente, faz a força.

Quer saber mais sobre tecnologia?

Fique por dentro das novidades do mercado

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de tudo que há de novo em aplicações, performance, segurança e tecnologias.

Quer suas aplicações com qualidade, performance e segurança na velocidade que seu negócio precisa?

Fale com nossos especialistas

Partners